Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

Nick Cave & The Bad Seeds

Coliseu esgotado para mais uma aparição de nosso senhor Nicolau, Nick para os amigos e fans, com a habitual ajuda dos seus discípulos Bad Seeds, o baixista Martyn Casey, o guitarrista Mick Harvey, os bateristas e percurssionistas Jim Sclavunos e  Thomas Wydler, o guitarrista e violinista Warren Ellis, logo apelidado por "barbas", tal era a grandeza capilar facial. Alguns são também companheiros noutro projecto mais recente, ainda com apenas um trabalho, os "Grinderman".

Nick Cave iniciou em Lisboa mais uma peregrinação por este mundo que, apesar da degradação humana cada vez mais evidente, o faz rir de gozo! O homem está mudado, agora usa bigodinho. Raramente se senta ao piano, excepção para "into my arms" com o público a cantar ainda mais afinado que o próprio Cave. O senhor Nicholas Edward Cave prefere ficar de pé a tocar orgão e até faz questão de ser ele próprio a tocar guitarra eléctrica. Nick Cave fez 50 anos em Setembro passado, mas não parece amadurecido, com a sua alma sempre rebelde e cada vez mais desvairada, esperemos que por muitos e longos anos.

Nick Cave procurou  inspiração num episódio biblíco para este novo albúm, o 14º, e para início de digressão, devo dizer que não estão nada mal, com devaneios sonoros verdadeiramente alucinantes, mas, em músicas mais antigas notou- se alguma falta de óleo na engrenagem ao ponto de brincar com a situação e dizer que não tinham mais músicas para tocar. Deste ultimo, foram interpretadas na sua plenitude, com uma força que nao se consegue transportar materialmene para um CD.

Nick apareceu em grande forma para este concerto: dançou, pulou, brincou e gozou, o que de resto é normal, não tivesse ele o diabo no corpo. Verdadeiramente possuído pelos espíritos das personagens das suas músicas, Nick demonstra um prazer enorme naquilo que faz, e nós, fiéis seguidores, aceitamos de ouvidos bem abertos, tudo aquilo que ele tem para nos cantar. Ámen.

 

A simplicidade do cenário fazia realçar o talento dos Bad Seeds

 

a acalmia do ambiente " blues"

 

rapidamente era substituída por um ambiente caloroso, pronto a incendiar- se

 qual inferno de Dante

 

 exorcizando o seu orgão

 

abanando  frenéticamente a sua pandeireta

                                                                                                              

Nick lá ia soltando os seus demónios

 

através duma combustão sónica

 

alimentada por coreografias e gestos impulsivos 

 

straight to you

 

cantando das profundezas da alma e coração

 

 

 depressa as trevas se abatem pelo recinto

 

 come sail your ships round me and burn your bridges down

 

 into my arms oh Lord

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por blogzitodoluis às 06:03

link do post | comentar | favorito
|

Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Deolinda na Moita

Estoril Open 2009

Chemical Brothers no SW

Zona Ribeirinha do Montij...

Vamos (todos) ajudar a Le...

ZOO

Parque Municipal do Monti...

Canadá

Mão Morta

Papagaios

Barco do amor

Retratos Ribeirinhos

Festas de S. Pedro 2008

Linguarudos

Não sejas pateta, anda de...

The Simpsons

Quem quer ser jogador da ...

os melhores videos da net...

Bad Boy MC Crazy Motherfu...

Gay Jesus

Nick Cave & The Bad Seeds

Estoril open 2008 e o mel...

Feira Motorclassicos

Taça Davis

Circuito de veteranos

Vento

Tantas emoções numa só pa...

O melhor ponto de sempre

O conteúdo

O inicio

arquivos

Outubro 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

tags

todas as tags

LINKS:

blogs SAPO

subscrever feeds